sexta-feira, 30 de janeiro de 2009



Lindas, não? E saborosas. Um regalo para a vista e para a boca. Ouvi dizer que lá para as terras do tio Sam também as há. Hummm, só vendo.

No fim de semana do Entrudo estão convidados. Apareçam e provaremos também o tinto.

Saudações a todos.

7 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
L&A disse...

Deliciosas cruas, assadas, cozidas ... até faz crescer água na boca. Numa sande com doce de cabaça para quem gosta, no trabalho é de comer e fazer inveja. O pessoal fica a olhar para os lados a tentar descobrir de onde vem o cheirinho ....

Lameirão disse...

Uma sande com doce de cabaça? De onde saiu essa? Que desperdício!

Transmontano disse...

Essa de come-las numa sande de doce de cabaça é nova para mim, deves ser alentejano ou algarvio, porque dos transmontanos não conheço tal habilidade

el gringo disse...

O' meus amigos das duas uma : ou nao tem medo do Castrol, ou entao meteran-lhe mais gordura para as acrescentar, ca' para min o porco, dou pouca carne magra

anas disse...

o porco pelos vistos deu muita carne magra mas pelos vistos os donos queriam fazer linguiças como se tivessem 3 cebas e não podia ser.

Cida Garcia disse...

Realmente bela a sua terra...como toda Portugal.
Gosto imensamente dos valores e respeito as tradições. Parabéns. Saudações brasileiras.