domingo, 29 de Janeiro de 2012

Janeiro fora...



A saga da carambina continua. O Janeiro geadeiro persiste, levando ao extremo o ditado. Continuam as noites frias, mas os dias vão crescendo, contribuindo também para a confirmação do outro ditado antigo, que diz: "Janeiro fora, mais uma hora e, quem bem contar, hora e meia lhe há-de achar".
Bem, não é muito rigoroso, mas certeiro será de certeza.
Uma boa semana.

quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Clarão



O que é aquele clarão ao fundo que se vê por trás de Bobadela?
Chaves, é verdade. De Pedome vê-se Chaves, pelo menos à noite. Não propriamente a cidade, mas a sua luz.
Somos uns privilegiados.
Boa noite.

sábado, 21 de Janeiro de 2012

O Nabo e o Dióspiro



O contraste de um fruto resistente, que se consegue aguentar até ao tempo do frio mais agreste das geadas, merece só por si, a nossa consideração. As nabiças e os nabos, esses, verdadeiros campeões do frio, são o exemplo da resistência.
Nesta altura em que sobra gordura, tempo de alheiras, linguiças e outros petiscos que tal, o contraste do verde dá-nos o contra-ponto.
Ia bem um molhinho de grelos a acompanhar o fumeiro?

quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

O último fruto



Janeiro geadeiro, provérbio este ano cumprido à letra. Os dióspiros, os últimos frutos da época, já foram. Fica o céu cinzento e na ausência de nuvens, a geada forte. Tem sido um excelente inverno para curar as carnes. Com tanto frio e um golinho de aguardente, figos secos e nozes, até a alma se trata.

domingo, 15 de Janeiro de 2012

Apresunte-se e avinhe-se



Diz-se que um homem é feito de vícios. Deve aplicar-se igualmente às mulheres, digo eu. Uns vícios mais saudáveis que outros, certamente. Também se diz que a algumas coisas se lhes perdoa o mal que fazem, pelo bem que sabem. Ainda, diz-se que em alturas de tempo frio nos devemos "apresuntar" e "avinhar".
Pois eles cá estão, lado-a-lado como é normal nas adegas dos transmontanos. E eu, com esta constipação que aturo, vou abusar dos dois.
Até já.

quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Tempo de carambina



Assim estava Pedome hoje. Fustigado pelo sinceno, recheado de carambina e carambelo, com frio de todos deixar engaranhados. Sorte que é tempo de provar o fumeiro, provar os chisquetes, as alheiras ou por umas linguiças nas brasas. Não há frio que uns canhotos e uns rijões não afastem.
A foto é de Albano Nascimento, a quem deixo aqui um abraço de obrigado.

quarta-feira, 11 de Janeiro de 2012

Visitantes



Estes exemplares, tão bem dotados, não são de Pedome, estavam de visita. E, com o maior à vontade, desde lameiros, vinhas, hortas, seja o que for, aqui vai disto.
É tudo nosso.
Valham-lhe os ornamentos, que eles não têm culpa.

sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

Darás-me os Reis


Neste dia era hábito pedir-se os Reis pelas casas e ruas de Pedome.
Este hábito mantém-se enraízado pelos pedomenses que se encontram espalhados pelo mundo.
A mim próprio, acabaram de me ganhar os Reis por SMS, portanto, a todos que lerem isto:

Darás-me os Reis.

P.S. O "darás-me" é mais um dos termos que faz a riqueza cultural de Pedome