quarta-feira, 7 de maio de 2014

A nora na América


Foi alvo de reportagem na RTM, numa rubrica sobre portugueses de sucesso na América, um nosso conterrâneo, apresentado na reportagem como Joe Tavares. Da reportagem retenho uma demonstração do amor do nosso conterrâneo pela América e pela terra onde cresceu, bem como o seu empreendedorismo e sucesso na América. Ficou-me para além de tudo o resto, uma imagem inesquecível de uma nora que instalou no seu quintal. À pergunta da jornalista Márcia Rodrigues, sobre o porquê daquela nora, a resposta de Joe foi simples e pragmática: a nora lembra-me os tempos de infância em que passava horas seguidas com um burro às voltas, para tirar água de uma nora.

Um excelente momento, uma excelente reportagem e um exemplo de empreendedorismo, coragem e persistência.

2 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

não esquecer as raízes.
lindo!
a foto está muito bela.
beijos

:)

EU disse...

Também vi a reportagem, amigo Armando; gostei e achei curioso eleger a no :)ra como símbolo das suas raízes.
Bjo