sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Mais uma nocturna


A energia eléctrica só chegou a Pedome em 1979, tal como a água publica canalizada. Actualmente, a iluminação publica, de tão banal, já nem é devidamente apreciada, principalmente por quem nunca andou de candeia ao vento. Com a luz artificial ou só com a natural, as cores nocturnas de Pedome ficam sempre bem.

10 comentários:

José Doutel Coroado disse...

Caro Armando,
bela imagem. abs

Graça Gomes disse...

Linda, esta imagem de Pedome, à noite, captada pelo Armando.
Seja qual for a hora, Pedome tem esta capacidadde, ou encanto, de nos deslumbrar.

trepadeira disse...

Pois é,se ainda fossem do tempo em que era preciso queimar as pestanas,tinham mais consideração pela luz.
Um abraço,
mário

Verdiano disse...

Pelos vistos tiveste sorte. Ainda conseguiste apanha a rua com luz. Não é que, segundo me disseram, tiveram a ousadia de despir os postes dos fios?

Vítor Loureiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vítor Loureiro disse...

Atenção à noite todos os gatos são pardos. ´
Bela imagem.~
Abraço

svasconcelos disse...

Bem iluminada, esta foto:)
bjs,

Mário Sena disse...

Armando, tens ai uma foto de grande qualidade, a luz dos postes da um brilho diferente a foto :D

MARIA disse...

Caro Armando, realmente o contras-te do passado com o presente ,tem a sua beleza ,antigamente havia o encanto das velas,o candieeiro a petróleo, as conversas em volta da lareira,havia mais comunhâo entre pais e filhos, os primos, os tios, os vizinhos,todos se conheciam e havia muita inter-ajuda era realmente todos uma familia só.O hoje tem todas as comudidades,na medida do possivél,e sem duvida alguma que tanbém se perderâo os valores, fica mais desirtificada ,mas sem duvida alguma tem a sua beleza.
MARIA

VERDIANO disse...

Tambem por aí andei, e sinto tanta nostalgia! Por estas bandas a electricidade, por vezes, vai havendo, mas quando falta, já ninguem se preocupa