terça-feira, 13 de julho de 2010

Termos típicos de Pedome




Andava já há muito tempo para dar honras de primeira página a esta lista, a qual já não era actualizada há um ano.

Pois, a propósito da palavra desinçar, que consta também agora da lista, aqui fica esta pérola do dialecto pedomense.

Lista de termos

Abada - Regaço cheio (dádiva com o objectivo de conseguir proveitos);
Abascado- apalermado
Abêbora - Figo grande
Abéspora - Vespa
Aboucar - Fazer muito barulho
Acancelar - Meter o gado em cancelas, em terreno para estrumar
Acarrar - Transportar
Acarrijar- transportar em carro de bois
Açoga – Tira de couro que prende o jugo ao pinalho
Afoutar - Gritar
Aguilhada – Pau para domar animais
Aguilhada - Vara para guiar animais
Agulheta - Caruma de pinheiro
Alacraio - Escorpião
Alanzoar- dizer coisas à toa
Alcatruz - balde para tirar água da nora
Alustrar - Relampejar
Amadurar - Amadurecer
Amanhar -
Ameroso...macio, liso
Amover - Abortar animais
Arganel - Argola que se coloca no focinho dos porcos
Apaparica - Mimar
Arranjar
Arrebunhar...arranhar
Arrecadar - Arrumar
Arrecaxada - De pernas abertas
Arreigar...arrancar pela raiz
Arrefuxir – Puxar as mangas para trás
Arreganhado - Aberto,Escancarado
Arrendo.-.arrendamento
Arrepelar - Puxar os cabelos
Arriba - Puxar para cima
Arroxo – Pau torto para esticar cordas, Punição
Aspado - Cheio de pressa
Avaloar - Avaliar
Aviaca – Aiveca, mulher desengonçada
Azagal – Ajudante de pastor
Azeiteira - Almotolia
Baixo - Armazém no piso térreo da casa
Balancim - Artefacto para lavrar com animal isolado
Balho – Gordura da barriga
Baraça – Cordel para fazer andar o pião
Baraço - Cordel
Benairo - Grande porção
Betrana - Gaja boa
Bilharda- jogo com um pau
Barleiro – Cesto de vime
Bebes - Cu
Berrão - Barrasco
Bilhó – Castanha assada, descascada.
Biqueiro - Pessoa esquisita quanto à comida
Blouro - Preguiçoso
Bondar - Chegar, bastar
Bota – Anda, vem, atira
Brochas – Metal para protecção dos socos
Bucheira – linguiça de carnes menos nobres
Burgatas - Frutos pequenos
Cabaça - Abóbora
Cabaçote – Pequena abóbora
Cabanal- espaço coberto para guardar lenha e alfaias agrícolas
Cachouço - Brincadeira
Cácimo - Planta de cujas bagas se retira um veneno
Cainso - Cio
Caldo - Sopa
Canca - Idoso
Cancela - Porta em grade feita de madeira
Cancelas – Vedação para os rebanhos
Cancha - Passo
Canear - Dormitar
Canelha- caminho estreito
Cangaço - Uvas depois de esmagadas
Cangalhas - Óculos
Canhoto – Pau grosso
Caniço – Rede para secar castanhas na cozinha
Capão - Molho de vides
Carabunha - Graínha, caroço pequeno
Carambina – Gelo formado pela geada
Carambelo – Frio extremo
Cardiela –Cogumelo amarelo, bebedeira
Carolo - Pedaço de pão
Carpins - Meias de lã
Carrachola - Cavalitas
Carranha – Macacos do nariz
Carramouço – Monte de coisas
Carrichas (às) - às costas (usa-se, levar às carrichas)
Cascabulho - Monte de cascas
Castanheirol - Batateiro
Ceitoura - Foice
Cerdeira - Cerejeira
Cerrar - Fechar
Chaboto - Cigano
Chamorro – Doença de coelho
Chanato - Calçado velho
Chiasco - Vento frio
Chisquete - Pedaço pequenino de carne sorçada
Coberta - Colcha
Cobrante – Doença de ossos
Côdeo – Pedaço de pão
Cortelhas - Entre pernas
Chabelão - Cavilha usado no pinalho dos carros de bois
Chedas-
Chedeiro –
Choquelateira - Cafeteira
Chouriça de verde – Chouriça de sangue
Chuclear...agitar
Chupa - Chaminé
Cibinho - Bocadinho
Cisqueira - Diarreia
Cito-cita – Fiscal camarário de obras
Colmo - Telhado de palha
Concharra - Colher de lançar a sopa
Conchouço - Loja
Cornizó - Fungo do centeio, diz-se que usado para fabicar armamento
coroa...cimo, o ponto mais alto
Corpela - Crosta de ferida
Couracha - Pele de porco
Crencho - Contente
Crocha - Primeiro pedaço do pão
Crossa - Capa de palha
Cueiro - Fralda
Dafeito - Tudo seguido
De cacaranhas - De cócoras
Delambido - Palrador
Derindaina - Sova
Derrega – Rego para escorrer água de terrenos
Desandadela - repreensão
Desinçar - Eliminar, exterminar
Enforretado - Sujo de fuligem
Embarrar - Tocar, raspar
Embelga - Delimitação de terreno em corredores para a sementeira
Embloutar...sujar, enlamear
Embude – Funil muito grande
Emonar-se - amuar
Embuzilar - Comer de forma desmesurada
Encartar - Dobrar
Enchouriçar- encher alheiras e chouriços
Engaço - Ancinho
Engaranhado - Com frio
Engatinhar- começar a andar
Engrunhar - Encolher
Enta - Geração, colheita
Erbanço – Grão-de-bico
Esbarar - Escorregar
Esborralhar- demolir
Escanar – Dormir, Desfolhar milho
Escaravanar - Saraivar, Chover granizo
Esfoura - Diarreia
Esmoucar - Partir a cabeça
Espalhadoura - Instrumento para espalhar estrume
Espanzurrada - Relaxada
Esparger - Espalhar
Espoldrar- podar
Estadulhos – paus de madeira para estabilizarem a carga
Estardalho – Pessoa sem nexo
Estrafogueiro – Objecto para pousar lenha na lareira
Esturgido - refogado
Famelga - Familia
Farinhota - Doença da vinha
Feiloa - Gás intestinal
Ferreiras – jogo à procura das pessoas
Filharasco - Enteado
Fingir – Dividir a massa em pão para cozer no forno
Finta - Contribuição
Fuga – Vigas horizontais onde assentam os lareiros do fumeiro
Fulcro - Media do polegar ao indicador
Futurar - Supor
Gabarrista - Gabarola
Gabela - Conjunto de objectos que se agarram e transpotam com os braços
Gadanha - Foice grande, pessoa qeu apanha tudo o que vê
Galela - Vinvima de restos da vindima principal
Galelo - Pedaço de uva
Galheiro – Pau para sustentar vegetais na horta
Gamechâme - Vinho de fraca qualidade
Gamela - Pia dos porcos
Garabano – Utensílio para tirar água do poço
Garavelho – Fecho de porta em madeira
Gemelgo- gémeo
Giga – Cesto de vime largo
Gramalheira- corrente de ferro que suporta a caldeira sobre o lume
Grandura - Tamanho
Grolo - Que não chegou ao fim da gestação
Guedelhudo – Que tem o cabelo comprido
Guiar - Compor, consertar
Guisote – Depreciativo de guisado
Herdança - Herança
Impontar- mandar embora
Interpicar - Implicar
Laços - Corda comprida
Ladrais – tábuas que ladeiam os estadulhos
Lambão – Pessoa desleixada, mandicante
Latada - Ramada
Lareiro – Varas onde se pendura o fumeiro, pau de varrer o forno
Laronas - Alheiras azedas
Larouga – Cerejas verdes
Lazarado - Cheio de fome
Leiranco – rato grande
Letria - Aletria
Listo - Esperto, vivaço
Livreta - Agenda
Loa – Conversa fiada
Lumiacos - Tufos verdes criados em água estagnada
Quilé - Coisa pouca. Mais usado na negativa "Nem quilé - Rigorosamente nada"
Malata – Geada
Mamão - Rebento inútil
Mandicante - Fulano
Manhuça- Feixe de coisas que se podem abranger com a mão
Maquia...porção de farinha ou grão que os moleiros recebem pelo trabalho
Marafolho - Ramo de cerejas
Marafona - Mulher mal vestida
Matrajela - Marosca
Mercar- comprar
Merujar - Chuviscar
Mijacão –Todos os cogumelos não comestíveis
Mocanca – Produtos vários
Mochana - Faúlha
Moinante – Bom vivant
Molida – Artefacto para o pescoço dos animais
Môcas - Ranho
Moreia – Grande monte de molhos de palha na eira
Morneiro – Monte de molhos de palha
Mulo, estar de - De trombas, amuado
Munifates - Gestos idiotas
Niscaros - cogumelos
Palafrão - Pessoa gorda e mal feita
Palaio -Chouriço de pão
Palhada...vagens secas dos feijões
Palhitos - Fósforos
Parabena - Ventania
Parada – Local de cobrição de animais
Pardieiro - Casebre
Parreco - Pato
Passota - Sêca, encarquilhada
Peldrecha – Pele da barriga do porco
Pernóstico - Vaidoso
Perrão - Chorão compulsivo
Picar - cortar lenha
Pinalho – extremidade do carro
Pincha Carneira - Cambalhota
Pita - Galinha
Pocho - Cachorro
Pondão – Pessoa lenta
Portelo – Entrada de propriedade
Pote- panela de ferro, com três pés, para cozinhar no lume e alambique de fazer aguardente
Poula – Terreno árido
Rabanada - ...de vento. Rajada de vento
Rabeira - Restos de centeio depois de peneirado
Racha- cavaco de lenha
Ranheira - Coceira
Rassada (de sol) - Passagem de sol por entre nuvens
Responso - Reza
Rigueiro- ribeiro
Rijar - Fritar
Rilhar - Comer roendo
Roca – Roco, Frade
Roda – Conjunto de molhos de malha em espiral
Rodilha – Pano de cozinha
Rodilheira – Pessoa que cria mal estar
Saborreiro – Neblina quente de verão, pão mal cozido
Saçamelo- pronuncia mal certas palavras
Saltão- gafanhoto
Segar - Ceifar
Serranço - Fundo das costas
Sibo - Pedaço
Sinceno - Nevoeiro
Sombreiro –Guarda-chuva
Sorça – Vinha d’alhos
Soutar - Colher tudo
Tãlha – Recipiente de barro
Tantinho - Um pedacinho
Tarandeira = utensílio para por o pão
Tártaro – Insecticida para frutos
Tartaranho - Milhafre
Tascos - Resíduo de linho
Tempre – Tripé para fritar
Termino- juízo, tino
Termoncela – Artefacto para lavrar
Tesão - Ferramenta para fechar a boca dos tonéis
Tiés -Membrana
Timoeiro -
Tissão - Brasa grande
Tomba-louceiros - Desajeitado
Toutiço - Inchaço
Tralhar- coagular, solidificar
Trocha-Mocha - À maluca
Trocho – Estrutura grossa da couve
Upado - Inchado
Verdasca – Vara fina e verde
Vergalheira – Parte do porco
Vincelho - Envolvente, normalmente de palha, para apertar molhos
Xamorro – Doença de coelhos
Xiba - Cabra
Xoino - Amante
Xotar - Enxotar
Zarcão – Pessoa muito feia
Zerbada - Chuvada forte
Zorra – Pião grande

4 comentários:

smvasconcelos disse...

Fiquei abascada com tamanha lista, quase que que se pode fundar um dialecto.:))) Adoro regionalismos! Tenho pena que as novas gerações os abandonem (eu, inclusive...).
beijos,

José Doutel Coroado disse...

Caro Armando,
excelente serviço de preservação dos nossos regionalismos...
sempre adorei os termos "tarandeira", "moinante", "pernóstico" e tantos outros...
abs

Baunilha disse...

Bemmmm...grande vocabulário! algumas palavras ainda se usam hoje na urbe!

Snitid disse...

Reparei que faltava a palavra "amanhar", significa arranjar.