sexta-feira, 20 de março de 2009


Esta imagem é dedicada especialmente aos que têm ainda menos oportunidades que eu de visitar Pedome com regularidade.
Desde o alto de Tronco, passando o monte redondo, contornando a volta dos bacelos, a britadeira, a fontinha, todos estes locais que têm as histórias particulares de cada um e fazem a história de Pedome.
Está tudo aqui virtualmente condensado. E como os horizontes são abrangentes em Pedome, ainda sobra espaço para a aldeia que está a seguir e que por mera ilusão fotográfica se confunde com a cruz.
Sejam felizes (be happy, être heureux).

2 comentários:

Leandro disse...

quase consigo ver a minha casa em Lebução nao fosse as casas da Rua da Alegria estarem á frente! mas dá pra ver as bombas de gasolina do zé, a casa dos tios do meu amigo bruno, o edificio dos bombeiros... espero ver isso tudo ao vivo no proximo fim de semana ou no fim de semana da pascoa, que saudades!

Anónimo disse...

Está lindo este registo. Efectivamente ficamos com a noção, errada, que Lebução e Pedome formam um todo. Pura ilusão! Somos vizinhos e amigos mas Pedome tem direito à sua independência, legitimamente conquistada. Amigos... amigos, terrinhas à parte.