sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

As alheiras





Depois da matança do porco vêm as alheiras e o resto do fumeiro. Nem todos os que já comeram alheiras, alguma vez as viram fazer. Especialmente para esses fica aqui um vídeo caseiro de algumas das tarefas envolvidas.

7 comentários:

José Doutel Coroado disse...

Video excelente! A música (será de Mayra Andrade?) valoriza muito as imagens.
Abraço

trepadeira disse...

Belas alheiras e bela fuga.
Cá por casa ainda uso a receita dos meus avós de Cimo de Vila e de Curral de Vacas, não levam colorau, nem pimentão, apenas a carne dos ossos e da cabeça mais o enguião e a couracha de vinha de alhos.

Abraço,

mário

Armando Sena disse...

Caro José Doutel coroado, a música é de Júlio Pereira, a voz, sinceramente não lhe sei dizer.

Caro Mário, é bem verdade que a receita das alheiras varia de aldeia para aldeia. Realço o termo "fuga" por si usado, é sinal que as raízes ainda não se perderam.

Abraço a ambos.

zeca soares disse...

Armando, parabéns pelo teu primeiro vídeo, vejo aqui um bom exemplo de artigo na categoria dos usos e ofícios antigos de Trás os Montes...


José, para tua informação podes ouvir esta música aqui abaixo na playlist "Faro Luso" é de Júlio Pereira um álbum que se chama "Geografias" de 2007, com o bandolim seu instrumento de eleição, este disco é acompanhado por Bernardo Couto (guitarra portuguesa) e Miguel Veras (viola), com a participação das vozes de Sara Tavares e Marisa Pinto.

Saudações MRP

zeca soares disse...

Armando, parabéns pelo teu primeiro vídeo, vejo aqui um bom exemplo de artigo na categoria dos usos e ofícios antigos de Trás os Montes...


José, para tua informação podes ouvir esta música aqui abaixo na playlist "Faro Luso" é de Júlio Pereira um álbum que se chama "Geografias" de 2007, com o bandolim seu instrumento de eleição, este disco é acompanhado por Bernardo Couto (guitarra portuguesa) e Miguel Veras (viola), com a participação das vozes de Sara Tavares e Marisa Pinto.

Saudações MRP

José Doutel Coroado disse...

Caro Zeca Soares,
grato pela info sobre as vozes.
Abraço

Alda Luisa Pinheiro disse...

Muito Bom! (as imagens das entranhas do cadáver eram dispensáveis...tens que por uma bolinha vermelha no canto superior dt do vídeo, lol).
Mas vejo que já entrou tecnologia (têm uma máquina de "encher chouriços") ao serviço da tradição. :)
Espero uma para provar e recomendar!!! ;)