domingo, 5 de maio de 2013

Ser mãe



Em Pedome e admito que em Trás-os-Montes em geral, ser mãe, sempre tenha sido um exercício difícil. Ver sair de casa os filhos, primeiro, ainda com seis anos, para se deslocarem para a escola primária, depois, para mais longe ainda, para o secundário. E então, muitas vezes, de forma definitiva para mais longe ainda: para onde houvesse sustento, que infelizmente, essa terra que tanto amamos, não teve condições de nos dar.
Talvez por isso, as mães de Pedome, ainda mais que todas as outras mães em geral, pelo sofrimento da ausência, mereçam ainda mais o epíteto de: Mães Coragem.
A elas, o meu tributo, hoje é o vosso dia.

3 comentários:

trepadeira disse...

Roubam-lhes os filhos e,muitas vezes,os maridos.

Abraço,

mário

Alda Luisa Pinheiro disse...

Concordo!

zeca soares disse...

é somente quando nos tornamos pais que entendemos melhor os nossos proprios
nomeadamente a devoçao da nossa mae

pensando que Pedome viveu uma espécie de matriarcado, como jà dissemos (ver edito 8 de março 2013 http://lamadeiras.blogspot.fr/2013/03/mulher.html )

certamente as maes Pedomenses foram bastante corajosas para deixar partir seus jovens filhos, e até conheço mesmo algumas que partiram elas deixando os seus filhos...

isto naturalemente por uma boa causa, melhorar suas condições de vida

de fato Armando merecem este homenagem, assim dedicamo-lhes este dia con este campo maravilhoso de papoilas representando bem a valentia dessas mulheres e ao mesmo tempo a fragilidade duma mae…

Em França celebramos o dia da mae no fim do mês

Saudaçao ao MRP