segunda-feira, 13 de maio de 2013

Moinhos de Pedome - 1





Se o moinho do primeiro post é o mais bem preservado de todos, este é sem dúvida o mais emblemático.
Situa-se em Lamadeiras, no limite dos concelhos de Valpaços e de Chaves. Foi ao longo da vida, certamente, testemunha de muitas aventuras. Por se situar num paraíso, tudo lhe era permitido.
São célebres algumas das histórias que se contavam sobre os moleiros, muitas delas transformadas em lendas. Não faltava quem garantisse a pés juntos que saíam as bruxas no cruzamento da Ponte Velha, em Lamadeiras. Nunca ninguém as viu mas toda a gente tinha a certeza de existirem e fazerem malvadezas próprias de bruxas, incluindo raptos e ataques pessoais. Outros, talvez menos dados a coisas do além, caracterizavam esses eventos, como doenças do foro psíquico de algum dos intervenientes. Como sempre na vida, todos os problemas podem ter, pelo menos, duas caracterizações.
Quem sabe se por causa disso ou por outra qualquer das vicissitudes em que a vida é pródiga, o principal alvo dos ataques de bruxaria, nunca casou, apesar de se lhe reconhecer seis filhos, todos e só, da mesma mulher.
Não tenho a certeza em que década terá terminado esta atividade em Pedome, posso no entanto confirmar que neste mesmo ribeiro, mais a montante, um pouco acima da ponte da Pulga, funcionou um moinho até à década de oitenta do passado século.
Talvez um empreendedor, nesta vaga dos novos povoadores possa pôr um destes moinhos de novo a funcionar. Pelo menos que algum deles venha a ser recuperado, para turismo rural ou qualquer outra atividade. Por exemplo: Motel Lamadeiras.
Ficará assim preservada a memória coletiva, ela própria já recheada de histórias, algumas verdadeiras lendas e, todas elas, partes integrantes da História.
Lamadeiras não é um refúgio, é um Memorial.

4 comentários:

Alda Luisa Pinheiro disse...

Muito Bom!!!
Arrancando memórias e sorrisos!!
Receio é que o empreendimento turístico fosse à falência, não pela actividade cultural e recreativa, muito menos pelo envolvimento paisagístico, mas...onde param os clintes?
Bem, com uma boa operação de marketing até se podiam conseguir "resmas de charters" de turistas!!!!Beijinho

zeca soares disse...

Excelente resposta com esta lenda diabolica, fico impaciente ler o ato II do "Memorial"

Detemos aqui a mistura ideal de história com crença sobrenatural
para despertar a curiosidade do turista internet ,

Agora podemes anunciar :
- veham ao encontro da história dos "Moleiros e Bruxas da Pulga"
descobrir eventos inexplicáveis ​​contados pelo nosso melhor romancista local

Antes de dizer um dia :
- tentem visitar a localidade onde se passou a história dos Moleiros
- ousem comer as especialidades enfeitiçadas no restaurante "Bruxaria da Pulga"
- tenham grandes emoçoes dormindo na "Estalagem Lamadeiras" etc, etc ...

Convencidos que há espaço para um desenvolvimento do turismo Pedomense ,

entao que tal esta operaçao de marketing ???

Meus cumprimentos Armando, sempre com bom humor !

Saudaçao ao MRP

Alda Luisa Pinheiro disse...

Parabéns Zeca....pela operação de marketing.Um bom começo!! :-)

Vitor Loureiro disse...

Pena já não haver moleiros e quem leve o cereal ao moínho.
Saudações