segunda-feira, 7 de maio de 2012

Relógios de outrora


Há uns anos, sem a oferta actual de relógios eletrónicos e lojas chinesas, havia estas plantas que preparadas por quem sabia, criavam um efeito enrolado muito semelhante aos ponteiros de um relógio.
Embora a fotografia não esteja famosa, pode ver-se em segundo plano os ditos ponteiros, em conjuntos de quatro. Divididos começam a enrolar. Engraçado.

4 comentários:

trepadeira disse...

É uma planta interessante,enrola a vagem para projectar as sementes.
às vezes nem era preciso espetá-los,ao passar,eles aproveitavam a boleia.É uma boa forma de se dispersarem.

Um abraço,
mário

Rita Carrapato disse...

O que eu brinquei com estes "relógios"! Na altura, o "enrolamento" era, para mim, magia.

Manuela Fonseca Amaral disse...

Nunca brinquei com estes "relógios", acho até que os desconhecia mas a tua descrição é muito interessante. Quando era pequena brincava mais com os Brincos de Princesa que a minha avó tinha à porta de entrada. Eu sentava-me no degrau e "pintava" as unhas com as suas pequenas pétalas vermelhas :) É claro que, por vezes, tinha que fugir à frente da minha querida avó! ;)
Beijinhos, amigo.

Li disse...

Ah, esses relógios também estão no meu imaginário e, não passo por um sem o espetar na minha roupa... e toca a vê-lo a enrolar!