quarta-feira, 26 de maio de 2010

Do alto da escada da antiga casa de seus pais, fui encontrar ao final de uma tarde de calor tórrido, a Ana Joaquina. Disse-me que ali ia todos os dias e eu prometi-lhe que punha o mundo a seus pés. Poderei não conseguir cumprir a minha promessa a 100 %, mas na verdade, alguns pelo menos, os porei a olhar de frente, como é o seu caso.
Obrigado Ana, saúde sempre.

3 comentários:

smvasconcelos disse...

Bonito, muito bonito:) Eu rendi-me.
beijos,

Graça Gomes disse...

Bonita imagem da Ana Joaquina, na casa de seus pais. Assim também se matam saudades.

José Doutel Coroado disse...

Caro Armando,
bela mensagem a deste post: o mundo virtual a dar uma mãozinha oa são convívio do mundo real.
parabéns
abs