terça-feira, 30 de março de 2010



A Pulga

Num ano especialmente agreste, de chuva, vento, neve e geada, ficam os tons da esperança numa Primavera esplendorosa.
A acompanhá-la uma foto da Pulga, zona mística de frescura, moínhos, lameiros e carvalhos.

3 comentários:

José Doutel Coroado disse...

Caro Armando,
excelente imagem!
parabéns

Graça Gomes disse...

Há muitos anos que eu não vejo esse rego que corre ao meio do lameiro, sensivelmente, com tanta água como agora. Lembras-te, Armando, quando nasciam lá lírios silvestres, amarelos?
Que recordações desse lugar!
Para mim o mais bonito do mundo.

smvasconcelos disse...

Linda fotografia, de facto!
Boa Páscoa, por esses recantos de calor e frescura!
beijos para ti e família.