sexta-feira, 23 de janeiro de 2009


Por aqui já todos passámos. Ainda a rua não era calcetada, com a fraga que havia ao lado da loja do tio Branco, carregando erva verde na Primavera ou o feno no Verão. Aqui, encontrávamos o Tio Zé Teixeira sentado na escada que ainda se pode ver à direita e matutávamos nas janelas gradeadas do lado esquerdo. Porquê as grades? E ainda hoje não sei a resposta.

1 comentário:

el gringo disse...

este blog, ja nao e um passatempo, agora e' uma obssecao.